Registo de Newsletter


facebook
Projeto Então Vamos estreou o espetáculo “Puxar a fita atrás”

Projeto Então Vamos estreou o espetáculo “Puxar a fita atrás”


O Projeto Então Vamos, no dia 13 de dezembro de 2019, estreou o seu mais recente espetáculo “Puxar a fita atrás”, no polivalente da Escola Secundária Francisco de Holanda.

Aproximadamente duas centenas de crianças/jovens/adultos e idosos do concelho de Guimarães, particularmente do Vale de S.Torcato, assistiram com bastante entusiasmo ao notório desempenho e exibição do grupo de atores que compõem o projeto.

 

“Puxar a fita atrás”

Ao iniciar o quinto ano do projeto Então Vamos!, surge como espontâneo desejo olhar o que foi feito até aqui. Que formas de dar a ver a memória desta nossa breve história?

Neste espetáculo ensaiamos possíveis respostas ao experimentar e refletir os nossos modos de fazer teatro.

Ao longo deste tempo, diversos materiais, conteúdos e documentos de diferentes naturezas emergem. Através de um exercício de seleção e reescrita criou-se, também, a oportunidade de ampliar a compreensão dos processos criativos, e de nós mesmos enquanto sujeitos de uma prática e discurso artísticos. 

 

A peça “Puxar a fita atrás” segue em cena pelo Concelho de Guimarães, estando já agendadas as seguintes atuações: no dia 24 de Janeiro no Centro Social Nossa Sr.ª da Conceição; e no dia 31 de Janeiro no auditório dos Bombeiros Voluntários das Taipas.


 















A INSTITUIÇÃO RESPOSTAS SOCIAIS / SERVIÇOS EDUCAÇÃO / FORMAÇÃO PROJECTOS
SOBRE NÓS
MECENAS
CORPOS SOCIAIS
A NOSSA EQUIPA
ORGANOGRAMA
EDIÇÕES
PARCERIAS
COMO APOIAR A ADCL
LAR DE INFÂNCIA E JUVENTUDE
CENTROS DE ATIVIDADES NOS TEMPOS LIVRES
SERVIÇO DE ATENDIMENTO E ACOMPANHAMENTO SOCIAL
CENTRO COMUNITÁRIO
APARTAMENTO PARA A AUTONOMIA DE VIDA
CAFAP - CENTRO DE APOIO FAMILIAR E ACONSELHAMENTO PARENTAL
CENTRO DE EDUCAÇÃO / FORMAÇÃO
CENTRO DE RECURSOS EM CONHECIMENTO

FEIRA DA TERRA
ANIMAÇÃO CULTURAL: ENTÃO VAMOS
BANCO DE APOIO SOCIAL
CLDS 3G | GUIMARÃES INCLUSIVO
PROGRAMA OPERACIONAL DE APOIO A PESSOAS MAIS CARENCIADAS
REDE LOCAL DE INTERVENÇÃO SOCIAL
ERASMUS +